Skip to main content

[CHECKLIST] 6 perguntas que você deve se fazer antes de adotar o SSO na sua empresa

Será que sua empresa está pronta para adotar o SSO? O Single Sign-On é um recurso que permite que os usuários façam um login apenas uma vez e consiga utilizar diversos aplicativos para realizar suas tarefas no trabalho.

Como a transformação digital já é uma realidade nas empresas, a cada dia, as organizações utilizam mais e mais tecnologias para otimizar seus processos, aumentar a produtividade e, assim, impulsionar seus resultados.

Porém, quando o usuário necessita fazer uma autenticação diferente para cada recurso, isso prejudica muito o  fluxo de trabalho e pode, até mesmo, comprometer a segurança dos dados da empresa.

No entanto, muitos gestores ainda ficam em dúvida se a empresa está pronta para implementar o SSO em seus processos. Por isso, nós preparamos um checklist com 6 perguntas que você deve se fazer antes de adotar o Single Sign-On na sua empresa. Confira!

1. Que diferentes tipos de usuários vão acessar seus aplicativos?

O primeiro ponto que você deve levar em consideração para não errar refere-se aos tipos de usuários que precisam acessar os sistemas da empresa. Independente do seu porte ou segmento, um negócio baseia-se em uma série de diferentes tarefas diárias que precisam ser realizadas. Nesse sentido, muitas organizações necessitam de vários logins e senhas para cada uma delas ou para cada grupo de atividades.

Então, é importante refletir quantos usuários precisarão acessar os aplicativos, bem como quantos aplicativos. Com isso, você terá uma boa noção de como o SSO ajudará nas tarefas.

2. Quais os diferentes requisitos desses usuários?

Após entender quantos usuários acessam os seus aplicativos e quais acessos cada um deve possuir, o próximo fator a considerar é em relação aos requisitos deles. Ou seja, existem níveis apropriados de acessos para cada tipo de colaborador e isso muda, conforme o cargo e a necessidade de informações para executar as atividades operacionais. Normalmente, quem realiza essas definições é a área de Segurança em conjunto com a área de RH e TI.

Além disso, observe como é feito o acesso atualmente em seu negócio. Veja quantas vezes eles precisam inserir seus logins e senhas, se há um registro de acesso, se as sessões contam com um tempo pré-definido, e se existe segurança para determinadas funcionalidades do sistema que precisam ser acessadas.

3. Você está procurando uma solução hospedada na nuvem?

A proteção de dados é fundamental não apenas para proteger as informações e recursos da empresa, mas também para que cresça de forma segura.  Ao decidir adotar um sistema em nuvem, o responsável pode integrar essa tecnologia com outras soluções capazes de oferecer mais segurança para os dados, o que é o caso do Single Sign-On.

Ou seja, é possível usar a mesma senha para acessar, de forma segura e ágil, diversos sistemas em nuvem e evitar que um profissional autorizado coloque em risco os sistemas da empresa.

Além disso, a solução em nuvem traz outros benefícios como:

  • Mais segurança — qualquer solução em nuvem é mais protegida contra ataques;
  • Mobilidade — o uso do SSO em nuvem não se limita ao espaço físico da empresa. Desse modo, os usuários poderão utilizá-lo mesmo remotamente, como trabalho em campo ou home office;
  • Compatibilidade — A solução é compatível com diversos sistemas e aplicativos. Assim, pode ser utilizado por qualquer tipo de usuário e tarefa, pois também pode se integrar a inúmeros tipos de softwares e funcionalidades;
  • Facilidade no suporte — sempre que for preciso solicitar o suporte para resolver qualquer demanda ou dúvida sobre a solução, a resolução pode ser feita remotamente, sem que seja necessário aguardar alguém se deslocar até a empresa para resolver o problema;
  • Alta escalabilidade — durante o crescimento de uma empresa, a sua escalabilidade é um desafio pois está relacionada à capacidade de atender às demandas. Por ser uma solução em nuvem, há muito mais facilidade de acompanhar esse desenvolvimento.

4. Essa solução será capaz de crescer com sua empresa e suas necessidades?

Crescer e expandir é o objetivo de toda empresa, não é? Mas, como já comentamos, a escalabilidade é um grande desafio. O termo se refere à capacidade de um negócio de se desenvolver atendendo às demandas sem prejudicar seus processos e a qualidade do produto ou serviço prestado.

Nesse sentido, o SSO impulsiona resultados e contribui para o crescimento da organização. Logo, à medida que a empresa cresce e precisa de novas funcionalidades, o Single Sign-On suporta essas mudanças com excelente custo-benefício.

5. Quais recursos extras você pode integrar a sua solução de SSO?

Outro fator indispensável que você deve ponderar na hora de escolher uma solução como  SSO, é entender como você consegue deixá-lo mais robusto e  otimizado.

O sistema de um negócio contém inúmeras funcionalidades e algumas delas precisam de acesso restrito, isto é, apenas os usuários autorizados é que podem entrar. Para isso, o ideal é que o SSO ofereça recursos extras para garantir a proteção dos dados, como:

  • Gestão de identidades — garante que todos os usuários tenham apenas os níveis apropriados de acesso às aplicações e dados, aumentando a segurança e produtividade;
  • Reset de senha — possibilita que o próprio usuário troque ou desbloqueie a senha de forma fácil e intuitiva por meio de um portal de autosserviço. Desse modo, evita o acúmulo de chamados no Service Desk;
  • Serviços de segurança — impede os ataques cibernéticos, Ransomware, Cavalos de Tróia.

6. Com quais sistemas a solução SSO é recomendado integrar?

Para que seja cada vez mais eficaz, o SSO pode integrar a todos os tipos de aplicativos que sua empresa utiliza no fluxo de trabalho. Afinal, seu objetivo é oferecer login único para o acesso das funcionalidades às quais o usuário tem permissão. Assim, agiliza os processos, minimiza a ação de hackers, aumenta a segurança e melhora a experiência do usuário.

Assim,  é possível ter facilidade de acesso, sem perder o controle. Em soluções mais completas as informações sobre os acessos e proteções estão disponíveis em uma interface gráfica, em relatórios gerenciais e  por meio de um console de administração é possível configurar o acesso aos sistemas de forma rápida e segura.

 

Após refletir sobre essas 6 perguntas, certamente você vai conseguir adotar o SSO mais adequado para a sua empresa e obterá todos os benefícios que essa solução promove no cenário corporativo.

Quer saber ainda mais sobre o Single Sign-On? Então, baixe o Guia Definitivo sobre SSO e esclareça todas as suas dúvidas!