Skip to main content

Benefícios do passwordless: fortaleça a gestão de senhas

By 1 de setembro de 2023Acessos e SSO

Há uma imagem de um cadeado do lado esquerdo. Do lado esquerdo na parte superior está o logo da E-TRUST e abaixo a frase "Benefícios do passwordless: fortaleça a gestão de senhas"O passwordless tem ganhado destaque como uma abordagem inovadora, que revoluciona a maneira como autenticamos nossas identidades online. À medida que a tecnologia avança e os ataques cibernéticos se tornam mais sofisticadas, o uso de senhas tradicionais se revela uma barreira de segurança cada vez mais frágil.

Neste artigo, exploraremos não apenas por que as senhas são consideradas vulneráveis, mas também como a abordagem passwordless está emergindo como uma alternativa inovadora e segura para proteger nossos ativos digitais. Boa leitura!

Por que consideramos as senhas um controle frágil de segurança?

80% dos ataques cibernéticos são feitos usando credenciais roubadas. As senhas são consideradas um controle frágil de segurança por várias razões listadas abaixo:

  1. Complexidade limitada: Muitos usuários tendem a escolher senhas simples e previsíveis, como sequências numéricas, palavras comuns ou datas de nascimento. Essas escolhas tornam as senhas mais suscetíveis a ataques de força bruta, onde hackers tentam todas as combinações possíveis até encontrar a senha correta;
  2. Reutilização de senhas: Muitos usuários usam a mesma senha em várias contas diferentes, o que aumenta o risco de comprometimento. Se um hacker obtiver acesso a uma senha, ele poderá tentar usá-la para acessar outras contas do usuário;
  3. Vazamentos de dados: Vazamentos de grandes bases de dados de senhas são comuns, expondo milhões de senhas de usuários. Esses vazamentos permitem que os hackers usem senhas roubadas para tentar acessar outras contas;
  4. Engenharia social: Hackers podem usar táticas de engenharia social para enganar os usuários e obter suas senhas. E-mails de phishing, por exemplo, podem induzir os usuários a revelar suas senhas sem perceber;
  5. Autenticação única: Com uma única senha, todo o acesso à conta ou aplicativo depende da segurança dessa única chave. Se a senha for comprometida, o invasor pode acessar todos os dados e serviços associados;
  6. Exposição a ataques de malware: Malware, como keyloggers, pode registrar as teclas digitadas e capturar senhas, independentemente da complexidade da senha;
  7. Dificuldade de gerenciamento: Com a necessidade de gerenciar múltiplas senhas para diferentes contas, os usuários podem recorrer a práticas inseguras, como anotar senhas ou usar senhas fáceis de lembrar;
  8. Ineficácia contra novas ameaças: As senhas podem não ser suficientes para proteger contra ameaças mais avançadas, como ataques de engenharia social direcionados ou invasões de contas usando credenciais roubadas.

A autenticação multifator (MFA) como importante aliado nessa batalha!

O MFA é uma medida eficaz para reduzir a fragilidade das senhas e melhorar a segurança das contas. Ele acrescenta uma camada adicional de proteção além da senha tradicional, exigindo que os usuários forneçam mais de uma forma de autenticação para acessar uma conta ou sistema. Geralmente, a MFA combina três tipos de autenticação:

  • Algo que você sabe: A senha tradicional que o usuário digita;
  • Algo que você tem: Um dispositivo físico, como um smartphone, que gera um código de autenticação único;
  • Algo que você é: Uma característica biométrica, como impressão digital, reconhecimento facial ou voz.

Ao combinar esses fatores, a MFA torna muito mais difícil para um invasor obter acesso não autorizado. Mesmo se um hacker obtiver a senha, ele ainda precisaria do dispositivo físico ou da biometria do usuário para efetuar o login.

A MFA adiciona uma camada adicional de segurança que aborda muitas das vulnerabilidades associadas às senhas tradicionais. Ela protege contra ataques de força bruta, reforça a autenticação em caso de vazamentos de senhas e reduz a eficácia de técnicas de engenharia social. Portanto, a MFA é uma solução eficaz para reduzir os riscos e a fragilidade das senhas como único método de autenticação.

A autenticação sem senha é possível e é segura!

O passwordless é um conceito de autenticação de segurança que visa eliminar a necessidade de senhas tradicionais para acessar contas e sistemas. Em vez de depender exclusivamente de senhas para verificar a identidade do usuário, o passwordless adota métodos de autenticação mais avançados e seguros. Esses métodos podem incluir:

  • Autenticação de dois fatores (2FA): Além da senha, com o 2FA, o usuário precisa fornecer um segundo fator de autenticação, como um código enviado para o celular ou um aplicativo de autenticação;
  • Biometria: Isso envolve a verificação da identidade do usuário por meio de características únicas do corpo, como impressão digital, reconhecimento facial ou análise de voz;
  • Chaves de segurança: Dispositivos físicos (geralmente USB) são usados para autenticar o usuário. Eles geram códigos únicos que são usados como prova de identidade;
  • Aplicativos de autenticação: Aplicativos móveis dedicados geram códigos de autenticação temporários para uso durante o processo de login.

Razões para adotar o passwordless

O objetivo do passwordless é aumentar a segurança, simplificar o processo de autenticação e eliminar as vulnerabilidades associadas às senhas tradicionais. Isso reduz os riscos de vazamentos de senhas, ataques de força bruta e engenharia social. Ao adotar abordagens mais seguras, o passwordless melhora a experiência do usuário e reforça a proteção das contas e informações digitais.

  1. Eliminação das senhas fracas: O passwordless elimina a necessidade de senhas tradicionais, afastando a preocupação com senhas fracas ou facilmente adivinhadas;
  2. Segurança reforçada: A autenticação passwordless emprega métodos avançados, como autenticação de dois fatores (2FA), biometria e chaves de segurança, aumentando consideravelmente a segurança da autenticação;
  3. Redução do risco de roubo de senhas: A eliminação de senhas reduz a ameaça de roubo de senhas, pois não existem senhas para serem roubadas;
  4. Experiência do usuário aprimorada: A abordagem passwordless simplifica a autenticação para os usuários, eliminando a necessidade de lembrar várias senhas complexas;
  5. Diminuição do Suporte Técnico: A recuperação de senhas esquecidas é uma tarefa comum para as equipes de suporte. Com o passwordless, reduzimos essa necessidade drasticamente;
  6. Resistência a ataques de força bruta: A abordagem passwordless inutiliza ataques de força bruta, pois não há senhas para serem adivinhadas;
  7. Eficiência na luta contra phishing: O passwordless dificulta a eficácia dos ataques de phishing, uma vez que mesmo que um usuário seja enganado, o invasor não obterá as senhas necessárias.

Garantindo mais segurança na gestão de senhas

A transição para o passwordless oferece uma maneira inovadora de fortalecer a segurança cibernética. Ao eliminar as fraquezas inerentes às senhas tradicionais, as organizações podem reduzir significativamente os riscos de violações de segurança. A autenticação de dois fatores, a biometria e as chaves de segurança oferecem uma abordagem mais robusta para proteger contas e informações valiosas.

Por fim, as senhas tradicionais, apesar de terem sido uma linha de defesa por muito tempo, estão se tornando uma barreira de segurança frágil no mundo cibernético atual. A adoção da abordagem passwordless é uma resposta ao desafio de proteger nossos ativos digitais de forma mais eficaz.

Ao eliminar as fraquezas associadas às senhas e adotar métodos avançados de autenticação, as organizações podem melhorar substancialmente sua postura de segurança cibernética. O passwordless não é apenas uma tendência, mas uma evolução necessária para manter a integridade das operações digitais em um mundo cada vez mais conectado.

Quer saber mais sobre o assunto? Assista ao nosso vídeo onde falamos tudo sobre a autenticação sem senha!

Você também pode gostar de ler: