Skip to main content

6 Práticas para Gestão de Senhas

By 25 de julho de 2017maio 9th, 2022Segurança da Informação

 

6 Práticas para Gestão de Senhas
Gestão de Senhas: saiba práticas de uso e gerenciamento para proteção de seus dados

Para sua empresa sair à frente, é mais do que essencial ter uma gestão de senhas. Mas não se assuste caso não souber como isso funciona na prática.

Agora que você já conhece dicas para criação de senhas difíceis, o gerecimento de passwords também tem grande influência na segurança das informações de sua organização.

Imagine a seguinte situação…

Pense só se houvesse um usuário de sua empresa que vive perdendo ou esquecendo suas senhas, prejudicando fluxos de trabalho e produtividade…

Além disso, se sua empresa tem um alto número de colaboradores, você terá grandes prejuízos com perda ou furto de dados por meio do mau uso de senhas!

Informações sensíveis vazadas podem levar negócios à perda de credibilidade e, consequentemente, à ruína!

Mas nem tudo está perdido!

Então, quais as melhores práticas para a gestão de senhas?

O primeiro passo é manter uma política de segurança de acesso com seus colaboradores.

Para isso, selecionei as práticas mais comuns para o gerenciamento de senhas, a fim de preservar suas informações.

E, com isso, poderemos analisar qual é a mais adequada para seu negócio.

1. Mesma senhas, múltiplas contas?

Imagine que um usuário mal intencionado consiga acessar seus dados e, com a mesma senha, tenha acesso a diversas contas…

Portanto, não é nada recomendado usar a mesma senha para múltiplas contas. A recomendação para a segurança de seus dados é que cada acesso possua uma senha forte diferente.

2. Guardar na memória?

Não! Infelizmente, você não é capaz de guardar todas suas senhas na memória.

Por isso, utilizar gerenciadores de senhas é a melhor solução para organizar e salvar seus dados de acessos.

3. Não é melhor salvar no navegador?

Os navegadores possuem a opção de lembrar de todos os seus logins para facilitar sua vida.

Apesar de ser prático, esse recurso não é nada seguro. Neste caso, geralmente, um arquivo de senhas é gerado e salvo no próprio local e pode ser decifrado com facilidade.

4. Bloco de notas ou bloco de adesivos?

Diante de todas essas informações de segurança, não é preciso citar o quanto guardar suas senhas em blocos de notas ou anotações em adesivos é perigoso, certo?

Fuja já desta opção!

5. Senhas longas?

O ideal é que suas senhas sejam fortes e, para isso, estas costumam ser longas.

Por isso, uma dica é criar uma frase que faça sentido a você. Em seguida, utilize a primeira letra de cada palavra desta frase.

Assim, é possível formar uma senha difícil e segura, além de ajudá-lo na memorização.

6. Melhor solução: Sistema de Gerenciamento

Em um sistema de Gestão de Identidade é possível ter total controle de acessos e maior segurança de suas informações.

O sistema é como um portal onde o usuário solicita direitos de acesso, acompanha o andamento da solicitação e ainda troca a senha. Assim como ocorre com o Horacius da E-TRUST.

Além disso, esse sistema possui o recurso de Autenticação Centralizada, ou seja, um processo que verifica a identidade digital do usuário de um sistema no momento em que ele pede autorização para acesso.

Além, claro, do Single Sign-On – ponto central de autenticação para sistemas internos ou em nuvem!

Ufa!

Seguindo essas dicas, você e sua empresa poderão ficar tranquilos quando à segurança das informações com gestão de senhas.